Reflexões do Diário

Tags: Santuário

Na sexta-feira quando estava em Ostra Brama, durante as solenidades em que a Imagem foi exposta, assisti ao sermão, que foi pronunciado por meu confessor; o sermão tratava da misericórdia de Deus; era a primeira coisa que Jesus já há tanto tempo tinha exigido. Quando começou a falar sobre a grande misericórdia do Senhor, a Imagem tornou-se viva, e os raios atingiam os corações das pessoas ali reunidas, embora não na mesma medida; uns recebiam mais, outros menos. Uma grande alegria inundou minha alma ao ver a graça de Deus.

    Então, ouvi estas palavras: Tu és testemunha da Minha misericórdia, ficarás pelos séculos diante do meu Trono como testemunho viva da Minha misericórdia.  Diário de Santa Faustina – 417

1 imagem 1

 

     Saúdo-te Ano Novo, em que se completará a obra da minha perfeição. Já de antemão Vos agradeço, Senhor, por tudo que a Vossa bondade me enviar. Agradeço-Vos pelo cálice de sofrimento, do qual beberei todos os dias. Não atenueis o seu amargor, Senhor, mas fortalecei os meus lábios para que bebendo a amargura, saiba sorrir de amor para Convosco, meu Mestre .Agradeço-Vos por todos os consolos e graças, que não sou capaz de enumerar e que diariamente recaem sobre mim como o orvalho da manhã  tão mansa e silenciosamente que nenhum olhar das criaturas curiosas é capaz de percebê-los. Deles  sabemos apenas Vós e eu, ó Senhor. Por tudo isso, hoje Vos agradeço, porque talvez, no momento em que me apresentares o cálice, o meu coração não seja capaz de agradecer. 

Diário de Santa Faustina - 1449    

Mãe de Deus

 ... No final da novena, vi a Mãe Santíssima com o Menino Jesus nos braços, e vi também o meu confessor, que estava ajoelhado a seus pés e conversava com Ela. Não compreendi o que ele dizia à Mãe Santíssima, pois eu estava ocupada em conversar com o Menino Jesus, que desceu dos braços Dela e aproximou-se de mim. Não me cansava de admirar a Sua beleza. Ouvi depois algumas palavras que a Mãe Santíssima lhe dizia, mas não ouvi tudo, e são as seguintes: Não sou apenas a Rainha do céu, mas também a Mãe de Misericórdia e tua Mãe. E, nesse momento, estendeu a mão direita, na qual segurava o manto, e cobriu com ele o sacerdote. Nesse momento, a visão desapareceu. Diário de Santa Faustina – 330

Misericórdia NS da 7

Mãe Santíssima, Mãe de Misericórdia, cheia de graça e de caridade nesta imagem sagrada, eu, sua criança indigna e ingrata fico de pé diante da sua imagem sagrada confessando minha miséria e pobreza e implorando-lhe para interceder junto ao Seu Filho, meu querido Salvador Jesus Cristo, pela graça da fé, esperança e amor, para que por Vós eu posso alcançar a felicidade eterna. 

 

Para quem devo ir Mãe de Misericórdia, onde entregarei meu sofrimento se não for a Vós, Mãe de Misericórdia. Sou atraído para Vós pelo Seu poder celestial e pela bondade inimaginável de seu Coração. Ó Virgem Santíssima, pede a Deus por mim a graça da paciência cristã que eu possa suportar todas as dores e as adversidades, humildemente aceitando a vontade de Deus a fim de retribuir a Sua justiça pelos meus pecados e que me torna digno da recompensa celeste.

 

Ó mais Nobre Mãe do Salvador, Virgem Imaculada de Ostra Brama, cheia de incrível doçura e delicadeza! Eu caio de joelhos diante de Sua imagem sagrada e imploro Sua misericórdia. Com a confiança em Sua bondade e generosidade, busco a sua proteção, pois é em Vós que o fraco encontra consolo e força. Ó Maria de Ostra Brama, na bondade de seu Coração, fixe o Seu olhar sobre mim do céu a partir deste momento em diante, até a hora da minha morte. Venha a mim na hora da morte, juntamente com meu anjo da guarda e o meu santo padroeiro, para que eu possa obter a graça do perdão de seu Divino Filho, de quem tantas vezes tenho ofendido por meus pecados graves. Santa Maria, Mãe de Deus! Mãe de Misericórdia, rogai por nós agora e na hora de nossa morte.

 

Ó Mãe de Misericórdia, dignai-Vos implorar a Seu Filho a graça que peço neste tríduo, com humildade e confiança através da sua poderosa intercessão. Amém.

 

Misericórdia NS da 6

 

Pai Nosso... Ave Maria... Glória...